CONSEA MONITORA EXECUÇÃO DO PROGRAMA CISTERNA NO MARANHÃO

8b43b64c-72fc-4e87-8eb2-bedaace94fc9Nos dias 07 a 11 de dezembro de 2020 a presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, Concita da Pindoba realizou, juntamente, com a Secretaria Estadual de Agricultura Familiar (SAF) visitas de fiscalização e monitoramento de cisternas destinadas ao consumo humano nos municípios de Itapecuru Mirim, Milagres do Maranhão e Santa Quitéria.

Na ocasião, a presidente monitorou as cisternas escolares com capacidade de 52 mil litros que estão beneficiando estudantes da zona rural e as cisternas de 25 e 16 mil litros destinadas a produção de alimentos e fortalecimento da agricultura familiar.

O Programa Cisternas é executado no Maranhão pelo Ministério da Cidadania em parceria com a SAF e tem como objetivo a promoção do acesso à água para o consumo humano e produção de alimentos, por meio de tecnologias sociais simples e de baixo custo.

6bdf8c64-35bb-42eb-bc7f-c0d90425313bAs cisternas são construídas com placas de cimento que evita a contaminação da água por verminoses e doenças. O sistema permite a captação de água da chuva que é armazenada em um reservatório e garante água de qualidade por até oito meses.

Além das cisternas, a presidente orientou os agricultores sobre o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (Procaf) e realizou visitas às Centrais de Recebimentos de produtos da Agricultura Familiar.

“Com essas e outras ações o Consea-MA, que é composto por dois terços de representantes da sociedade civil e um terço de representantes governamentais, cumpre sua função de controle social e participação da sociedade na formulação, monitoramento e avaliação de políticas públicas de segurança alimentar e nutricional, com vistas a promover a realização progressiva do Direito Humano à Alimentação Adequada, em regime de colaboração com as demais instâncias do Sisan”, pontuou, Concita da Pindoba.

Texto: Claudilene Maia. DATA: 18/12/2020.

Desenvolvido por: Seção de Desenvolvimento da SEATI - Secretaria Adjunta de Tecnologia da Informação